Restituição de valor ao Poder Público não afasta improbidade administrativa

A 3ª câmara Cível do TJ/RN manteve algumas sanções aplicadas ao ex-prefeito de Extremoz/RN por ato de improbidade administrativa. Por unanimidade, o colegiado entendeu que, mesmo que ele tenha restituído o prejuízo ao erário, tal conduta não afasta a ocorrência de improbidade administrativa. O então prefeito da cidade do interior do RN deixou de executar …

Leia MaisRestituição de valor ao Poder Público não afasta improbidade administrativa